terça-feira, 23 de agosto de 2011

A HERANÇA DA CRIANÇA

Vejam o que o homem deixará para nós, uma bola.
Mas a bola está velha, está suja,está murchando,
está morrendo.
Ele a faz com concreto e cimento, sem amor, sem
sentimento.
A bola está perdida num espaço sem fim.
Sem rumo ou destino
Teremos que:
Limpá-la;
Renová-la;
Revivê-la.
Teremos de enchê-la de novo, não com concreto
e cimento.
Mas com amor e sentimento.
Daremos a ela um novo rumo e um novo destino.
A bola será o brinquedo de todas as pessoas:
Homens e mulheres, velhos e crianças.
Faremos isso ou então a herança deixada por nós
será um grande vazio na escuridão.


Paulo C. D. de Oliveira.











Postar um comentário