terça-feira, 27 de março de 2012

DESILUSÕES

A esperança é como uma luz que atravessa a escuridão da noite, assim eu começo mais um abaixo assinado, em favor do amor, tão lindo e puro que nasceu em seu coração...nasceu somente no seu coração.
Ela estava feliz, e queria ver sua alegria difundida nele.Viver é ajudar o outro a viver, é criar outras felicidades para ser realmente feliz.
Quando se encontra a verdadeira felicidade, a única maneira de ser feliz é assegurar a felicidade do outro ser amado. O coração é a grande chave para a felicidade, para o amor. Ele é a grande força geradora deste imenso parque industrial que é a vida, com suas fábricas de valores humanos.
Amemo-nos, isto é tudo. A virtude é idêntica ao amor. Toda alma conquistada ao amor tem um importante valor. O valor do bom, do justo, do prazer, da paixão..
Ninguém tem o direito de ser feliz só, não pode e nem deve. Saber, sem saber amar nada vale...
De repente, o real se fez sentido quando ela mais precisou dele. A realidade do descontentamento, da frieza, da indiferença se ativou quando ela mais queria ele ao seu lado, no momento em que a mulher mais necessita do homem...Foi no seu mais importante momento, que poderia ter sido o dele, que ele simplesmente sumiu...silenciou-se. Nem um adeus, nem um nunca mais. Depois de dizer que se importava ela, ele preferiu virar as costas sem nada dizer.
Desilusão!!! pura e cristalina...Não digo falsidade, seria injusto e errado da parte dela, mas, desilusão, isto sim, não resta dúvida...
Desilusão dele e dela. Nossa!! Ela idealizou alguém tão diferente..tão especial..se desiludiu.
Desilusão dele, que pensou ter encontrado alguém forte e superior à ele, viu de repente que ela era tão igual à ele quanto 2 é igual à 2.
E ela, que pensou que ele soubesse amar, respeitar e valorizar o outro mais do que ela...desiludiu-se.
E hoje, hoje há um vazio..um vazio que somente ele poderia preencher...Mas, existem pessoas que não valem a pena lutar, não valem a pena gastar lágrimas... e ela percebeu isso á tempo, a tempo de se dar uma chance e voltar a amar novamente...na verdade, percebeu que era pura ilusão, porque o amor..ah.. esse é eterno..o verdadeiro amor...é raro.Mas, existe um remédio: O TEMPO.
O tempo passa e carrega com ele quase tudo...somente o tempo..


Postar um comentário