segunda-feira, 2 de novembro de 2015

Morri...por um momento.

E tão de repente o esperado toque...aquele toque tão amado...tão querido..e alguns segundos depois, aquela voz...apaixonante...que enebria a minha alma e encanta os meus dias e minhas madrugadas...madrugadas? Não. Não mais....alguma coisa acontecia nas madrugadas....ouvia aquela voz acariciante nas madrugadas...agora não mais....Eu já o conheço, posso sentir pela sua voz...pelo seu tom. E já no início percebi uma nuvem escura a nublar aquele momento. E ao perceber e sentir e finalmente ouvir que a minha vida iria se afastar do meu eu...do meu viver...confesso que por alguns segundos morri. Sentir uma dor dilacerante no meu peito, como se fosse um pedaço de papel  que se segura em duas bordas e as rasga pelo meio...meus sentidos se embaralharam por alguns segundos, minutos...me perdi na possibilidade de não mais viver...e de repente me vi em desespero de causa...sim....de causa.
Coração apertado pelas possibilidades ou faltas delas na minha vida. Esse amor já virou razão de viver. ..Já faz parte do meu respirar...faz parte dos meus sonhos de felicidade. ..Será que não mereço esse ser feliz? Porque me é negado o direito à ela? Mesmo a distância sendo a minha principal inimiga. ...mesmo que as circunstâncias me detenha e retenha em mim o meu maior desejo...o de viver.
Morri....Não morte súbita, mas uma morte lenta...defilhamento entre uma palavra e outra...e enquanto palavras eram ditas ...mesmo com toda polidez de que foi capaz...me imaginava sem a minha vida em mim...difícil imaginar assim...o nó incomodante na garganta não me deixaram refletir à respeito. ..e as lágrimas teimosas e desobedientes, teimavam em me entregar. ..
Quanto tempo...quanta vida...quantas histórias vividas..?? Lembranças que teimam em ficar ocultas em minha mente...
O que fazer quando minha vida desaparecer de mim?...o que fazer quando a sua voz não mais me fazer respirar e viver?..me trazendo alegria...me trazendo esperança.
É difícil entender que sou feliz assim...
E agora o que me espera sem a minha vida?
O vazio..dias tristes e madrugadas frias...

domingo, 25 de outubro de 2015

A foto

As vezes quando olhamos para algumas fotografias, imaginamos como deve ser a pessoa por trás da foto. ..observamos cada detalhe, a paisagem por trás, a roupa, a posição, o ângulo,  o sorriso ...enfim.
Existem fotos de todos os tipos e formas...de animais, flores, paisagens, pessoas...
Existem fotos insignificantes, que não nos dizem nada...Não nos chamam a atenção. ..Não nos atraem...
Mas, há fotografias que nos causam algum tipo de frisson...um tipo de apego...porque gostamos e queremos sempre estar vendo....olhando. ..admirando...admirando s formas, ou tentando decifrar algo no oculto de olhar desconhecido. ..ou talvez, na forma de um sorriso...uma palavra...ou quem sabe um abraço de saudades....
Fotos todos querem tirar. ..a foto todos querem...de alguma forma, de algum jeito...
A foto ...impulsiona a sonhos, imaginações, povoam mentes férteis à buscarem anseios em realidades criadas por desejos de viver uma felicidade de momentos inimagináveis.
Aquela foto, tão desejada...todos querem e anseiam pelo o que está através dela. Objeto de desejos insaciável,  intocável e inacessível.
A foto ..objeto de desejos...É tocada, olhada e imprimida...mais jamais o que está por trás e através da foto, será entregue para ser pendurada em paredes vazias ou exposta em cômodas lixadas. Foto são guardadas com amor no coração de quem o ama. ...

sexta-feira, 3 de julho de 2015

Na contra mão do tempo

Pensando. ..e penso bastante sobre tudo, e todos...observo...analiso...tento chegar à uma conclusão plausível, sobre as coisas, sobre as pessoas que me cercam....sobre o tempo. Ah ... o tempo...esse passa...e passa lentamente como se arrastasse sem pressa de chegar....mas, também pode passar rapidamente como se fosse a última tarefa a ser cumprida...como numa corrida onde não pode ser ultrapassado.
E é essa inconstância do tempo, do ser humano que me envolve....vasculhando a minha mente num turbilhão de pontos de interrogação, que me fascina e me desafia a entender o inexplicável do ser. A maioria dos seres humanos, vivem num mundo inexistente, dentro do seu próprio eu....num mundo de expectativas.... de experiências invisíveis. É muito louco isso! E confesso que também viajo...às vezes viajo para lugares nunca visitados. ..nunca habitados...lugares em que fico uma boa parte do meu tempo namorando...curtindo e amando o meu amor. São os únicos lugares em que podemos estar juntos....por enquanto. O meu amor, que guardo, preservo, cuido...cuido no sentido de não permitir que sujem o nosso espaço. ..o nosso lugar...nossa cumplicidade e nossas lembranças. ...Existem pessoas que querem entrar em nossa cidade...penetrar em nosso mundo....saber de nossa história, conhecer nossa intimidade. ..Curiosidades pessoais, fascínio por uma uma voz que faz a imaginação voar...desejos ocultos e muitas vezes revelados no tempo de espera...mas, nesse tempo de espera, não há espaços para as figurantes nem contra regras...nesse espaço de tempo o esperar se tornou prazeroso, sabendo que a medida que o tempo passa...e lentamente, espero eu, as curiosidades quanto ao meu amor....meu grande amor, se torne no invisível da mente desocupadas, que buscam o êxtase de uma felicidade onde não existe.
Enquanto viajo numa realidade presente todas as noites ...nas minhas madrugadas que deixaram de ser frias e vazias...para se tornarem viagens emocionantes e excitantes para um lugar só meu...só nosso...onde somente eu e ele nos deliciamos na companhia um do outro...onde nos amamos e nos divertimos com assuntos que muitos QIs não entenderiam....somente ele e eu...podemos viajar para o nosso tempo...para o nosso lugar...que somente nos sabemos ir e estar....

terça-feira, 30 de junho de 2015

Niver inusitado

Há algumas semanas atrás, fui convidada a participar de um aniversário. Eu particularmente, gosto muito de aniversários, e esse eu não poderia deixar de ir, eu não poderia deixar de estar presente ...e eu confesso que nunca, em toda a minha vida eu havia participado de uma festa de aniversário assim, digamos, um tanto quanto inusitado.
Em todos os aniversários, o aniversariante está presente,já neste, o aniversariante não se fez presente. ..Tudo começou quando Mônica soube que Fábio estava fazendo aniversário. ..Então ela decidiu fazer uma festa em homenagem à ele...Detalhe:Fábio mora em outro Estado,  e namora Sara, que é irmã de Mônica.
Fábio, pelo fato de morar longe, não pode vim ...Não pode estar presente em seu próprio aniversário.
O niver aconteceu assim mesmo, mas Fábio gravou um áudio agradecendo à todos pela homenagem. Outro detalhe importante:Fábio é famoso por sua voz de pé de travesseiro, alguns dizem até que é voz de telesexo...voz que alucina..
Na festa, foi cantado os parabéns. ..as pessoas trouxeram presentes. ..e havia comida e bebida à vontade....até que o telefone de Sara toca. ..era o aniversariante. ...ligação ruim...Não se ouvia a sua voz...e as primas e irmãs de Mônica, todas enlouquecidas querendo ouvir a tal famosa voz....pegam o aparelho e correm para o outro lado onde acham que vai dar sinal...tudo em vão. ..a ligação estava ruim. ..
O aparelho é devolvido, e começa o áudio que foi gravado por Fábio...Sara observa...as primas, as irmãs e todas as outras pessoas ficam mordendo os lábios, suspirando. ...suspiros de puro êxtase. ..suspiros de "quem me dera" ....Sara se divertia com a situação. Achava muito louco um niver sem a presença do aniversariante, mas ao mesmo tempo imaginava, como seria se Fábio estivesse aqui...como seria a reação dessas pessoas,  dessas mulheres famintas na presença do portador de tamanha sensação. ...de tantos suspiros e mordidas de lábios. Enfim....
Esse niver além de inusitado. ...foi muito divertido....até o próximo niver galera!

quarta-feira, 27 de maio de 2015

Por um fio...

A vida é um milagre. ..um milagre que precisamos agradecer ao criador todos os dias. Mas, a vida é como uma peça de cristal finíssima e delicada...que a qualquer momento pode se quebrar, se romper, ser destruída ou até mesmo ceifada por alguém ou por algum motivo.
Em um momento estamos bem e em outro estamos em outra situação, situações em que nos levam para  a escuridão total, tudo é apagado, é como se não houvesse existido uma vida antes da escuridão, é como se não houvesse mais nada antes da escuridão. ..É como só houvesse o NADA e nada mais...e por um fio, de repente,  deixamos de existir aqui nesta terra...
Assim é o final de tudo, assim é o coma de uma situação. ..o coma da alma, o coma da vida...
E ao sair do coma, a vida volta...a vida volta a sorrir...a viver...e nessa volta à vida, volta a lucidez...as lembranças, e ao voltar as lembranças, surge uma frase numa mente confusa. .."Cadê o meu amor?".

quarta-feira, 8 de abril de 2015

VOZ DE AEROPORTO

No decorrer de alguns anos da vida de Sara, ela já havia recebido muitos elogios referentes aos seus olhos, que parece que é o que mais chama a atenção das pessoas, elogios seguidos de adjetivos como: Olhos de serpente;olhar pidão;olhos de gazela;olhos verdes mate e por ai vai...
Nunca, haviam elogiado ou falado algo a respeito de sua voz.
Voz de aeroporto...foi esse nome que deram a sua voz...foi esse nome que ele  deu a voz dela...
Mas, o que é uma voz de aeroporto?
Vamos analisar uma voz de aeroporto...firme, forte e ao mesmo tempo meiga,suave,sensual...talvez seja isso.
Mas, quem dera que ele tivesse se apaixonado pela voz de Sara...quem dera ele sentisse por Sara o mesmo sentimento de amor...quem dera que a reciprocidade dos sentimentos fosse verdadeira...se assim fosse, as vozes se uniriam em uma só canção de amor, se fundiriam em um só.
Mas, infelizmente, Sara caminha só, com sua voz de aeroporto a ecoar no vazio da imensidão de seus pensamentos e sentimentos intensos.

domingo, 5 de abril de 2015

Que situação. ..

Coisas incríveis e inusitadas acontecem em nossa vida, acontecimentos inesperados, nos deixam surpresos e muitas vezes sem ação. Foi o que aconteceu a alguns meses atrás. ..Há 4 meses atrás para ser mais precisa.
Esta narração fala sobre algumas pessoas envolvidas num contexto de vivência de um relacionamento. Tudo começou a algum tempo atrás, quando Sara conhece Jorge.  Ela logo, pela primeira vez se apaixona por aquela voz, a voz de Jorge. A voz dele é incrível! E logo Sara percebe, sente que aquela voz mexe com todas as estruturas do seu ser. E dá-se início à uma amizade, um relacionamento lindo, que só se solidifica com o tempo, com carinho, cumplicidade , respeito mútuo a cada dia.
Mas, Sara, como todo mundo que ama, que está amando,  sente necessidade de falar do seu amor. Isso chama a atenção de Lúcia e de Vera.
Vera escuta a tal falada e famosa voz por alguns segundos,e sua curiosidade é aguçada,  mas se contenta em poder um ouvi-la pessoalmente. Vera escuta por frações de segundos, já Lúcia escuta na marra , na raça, na garra.
Um certo dia, numa visita de Sara na casa de Lúcia-e até então Lúcia desconhecia a existência de Jorge- algo inusitado e constrangedor  aconteceu.
Em meio à uma conversa das duas, o telefone de Sara toca, era ele, Jorge. Sara ouvia aquela voz inebriante quando de repente, pelo áudio do aparelho que estava alto, Lúcia escuta  aquela voz e de repente. , não mais que de repente,  Lúcia , com a rapidez de um vento, arranca o aparelho de minhas mãos literalmente e começa a falar e se insinuar pra Jorge. E ao falar e ouvir aquela voz que tantos adjetivos recebera, se contraia segurando suas partes íntimas como se fosse chegar à um orgasmo ali mesmo na frente de Sara. Momento constrangedor para Sara que não esperava por essa reação de Lúcia, e não conseguia acreditar no que estava presenciando, não conseguia acreditar que Lúcia estava dando em cima de seu namorado bem ali na sua frente.
E ao longo do resto do dia o assunto girou em torno de Jorge, onde até música foi oferecido a ele.
Vera é irmã de Sara, e ao saber do acontecido foi defender a irmã, já que segundo Vera, Sara não fez nada contra as investidas de Lúcia para cima de Jorge. Então iniciou uma guerreinha entre as duas, Vera r Lúcia . Tudo isso por causa da linda voz de pé de travesseiro que Jorge tem....
Quantas mais ouviram a sua voz? Quantas mais sucumbirão aos encantos de Jorge ao ouvi-lo?
Sara, assiste a tudo serenamente, pois sabe o que todos desconhecem...ela sabe que  quem escuta essa voz , quem se delicia pela madrugada, quem estremece ao som dos gemidos insinuantes e provocantes,  não são elas,  e sim,  ela.

quinta-feira, 2 de abril de 2015

Um lugar chamado sempre.

Hoje eu acordei ouvindo uma música conhecida, que ecoava da casa do vizinho, e que dizia assim. " ...meus pensamentos tomou forma de viagem, vou pra onde eu quiser...como um video tape que dentro de mim retrata todo o meu inconsciente de maneira natural. ...". Fiquei jogada na cama por alguns minutos. , parada, meio que estática,  analisando a letra dessa canção. ..e a música, continuou ecoando,  chegando até aos meus ouvidos. ..."...estou indo agora pra um lugar todinho meu...". Essa letra...essas frases...tão eu. E refletindo sobre todas essas estrofes, antes que chegasse a uma conclusão. , de repente , escuto o barulho do cel. , aquela música tão conhecida..aquele toque tão esperado..." estou pensando em voar...na intenção de te amar...". Nossa! Meu coração dispara, uma mistura de taquicardia com rtmia ...sei lá. E de repente, uma voz, aquela linda e esperada voz dizendo:" Bom dia garota...às vezes,  é bom dia anjo. "..repetindo o meu nome por diversas vezes...o nome que ele adaptou...que só ele conhece...Só ele pronuncia...
Então,  a letra dessa canção,  se encaixa perfeitamente na situação. ..meus pensamentos realmente tomam uma outra forma,  e reporto para alguns quilômetros de distância para estar com ele...um lugar só meu e dele...uma lugar só meu. ..um lugar chamado sempre..

sábado, 28 de março de 2015

ESSA VOZ...ESSE SENTIMENTO.

Essa voz...esse sentimento que me tira o folego, me arranca suspiros e me faz perder o juízo! Essa voz que penetra no meu ser, arrancando gemidos e sussurros inesperados, vasculhando minhas entranhas de forma enlouquecida e me levando ao mais alto nível de um êxtase louco e ensano.
Que voz é essa? Que sentimento é esse? Inexplicáveis são as formas de sentir, de amar...de pensar e de querer. Inexplicáveis!
Essa voz, esse sentimento que me tumultua, me embarga...mas, ao mesmo tempo me eleva numa insensatez de pensamentos que me tiram o chão.
E através desses pensamentos insensatos eu crio asas,.. asas que me fazem voar, que me transportam, me levam, para lugares e por caminhos de um sonho lindo, onde eu, e somente eu e o meu grande amor nos fundimos num só.
Essa voz, esse sentimento...me levam a um voo rasante de felicidade no meu mundo de fantasias, onde eu vivo e me torno a minha própria realidade do que sou e do que eu quero me tornar.
Louca, insana,insensata? O que é a vida se não fosse a insensatez de sentimentos? No enexplicavel também se encontra a real motivação de se continuar lutando pelo amor. No inexplicável também se encontra o prazer de se sentir, de querer... de amar.
Ah!.. esse sentimento...essa loucura, essa voz...essa voz no meu ouvido pela madrugada... Me perdi na sua voz, me perdi em você.. é fato!




segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

A PRIMEIRA VEZ...

A primeira vez que eu o vi...Eu nunca esqueci daquele dia...Tão cheio de ternura e de alegria...naquele dia, naquele momento consolidava em mim, o meu sentimento,o meu amor...
Havia tantos sentimentos em seu olhar...sentimentos indecifráveis para mim...um olhar de canto que me encantou, me encanta...
E o carinho no seu sorriso, me fascina... me dar vertigens...arrepios...coração bate forte, respiração ofegante.
Quanto preparo para me manter serena, para estar calma, para não me trair e demonstrar todo os sentimentos que penetravam o meu coração como um turbilhão a me possuir...creio que foi em vão, a sua percepção é infalível...
Não temos domínios sobre os nossos sentimentos...e quando se encontra e percebe o grande amor de sua vida, o que se quer realmente é viver, é estar junto, perto, tocar...fazer o outro feliz...
Quando o grande amor entra em nosso coração percebe-se então, que esse sentimento é único, especial...e naquele dia, percebi então que no seu olhar havia alguma coisa...que me dizia tanta coisa linda, e ao mesmo tempo oculta, incompreensível para mim...Tudo aquilo que meu coração queria e precisava ouvir...
Tanta emoção em meu coração já não podia ser contida...Pois eu acabava de encontrar o grande amor da minha vida.
Num dia inesquecível te encontrei...Nos abraçamos e nos beijamos...mais uma vez nos abraçamos demoradamente, depois nos olhamos longamente...e neste olhar eu estava sabendo o que era ter um grande amor...
Palavras lindas cheias de emoção, me diziam o quanto eu estava te amando... o quanto eu te queria...o quanto eu te queria mais perto...mais perto cada vez eu te falava...maravilhoso foi respirar o mesmo ar que o seu...sentir sua pele na minha...te beijar e sentir a emoção de estarmos juntos.
como uma criança, não cabia em mim de tanta felicidade...e como um adulto, eu não poderia acreditar que era verdade...
E esse amor que um dia me uniu a você, me liga a você e me vincula ao tempo, um tempo em que eu vivo na espera de reencontrar toda a emoção de momentos vividos. esse amor, enche a minha vida de alegria...
Queria beijá-lo todos os dias, tê-lo todos os dias... porque amar consiste em ver e fazer o outro feliz...simples assim.





quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

VOZ PÉ DE TRAVESSEIRO

Existem certas coisas e pessoas que tem o poder de mexer com a gente. ..de bagunçar o nosso coração e de nos tirar do prumo.
Comigo, nunca havia acontecido algo semelhante. ..e sempre pensei, acreditei até. ...que jamais aconteceria algo desta natureza, que esse tipo de coisas era conto de novela...estórias.
Mas, de repente, o que achava impossível se concretizou em mim...ao ouvir aquela voz pela primeira vez. ..senti meu coração sendo impactado por um tremor...uma emoção desconhecida. ...um frio na barriga...um calor nas entranhas....um arrepio na espinha....sensações jamais sentida...aquela voz me fez ir ao céu em fração de segundos.
Em pouco tempo percebi que eu estava amando...amando loucamente uma voz...Não uma voz qualquer. ..mas, uma voz que me enlouquecia de prazer...uma voz que me levava à um êxtase desenfreado...que me levava às lágrimas de puro e profundo gozo.
Passei não somente a amar essa voz, como também à sonhar com o dono dela...e entendi que precisava vê-lo, precisava tocá-lo, precisava conhecê-lo, pra entender e saber que não era fruto da minha imaginação. ..mas, que era real...que existia. A expectativa foi constante nos dias que antecedia o momento de encontrá-lo...todas as vezes que pensava nisso batia um nervoso, e milhares de coisas passavam pela minha mente....desejava amá-lo, desejava fazê-lo feliz....
E o que mais eu sonhava...queria era que o dono daquela voz gostasse de mim....da mesma forma que eu estava gostando dele. Foram tantas expectativas em relação ao primeiro e único encontro. ...enfim.
O encontro tão esperado aconteceu...aconteceu tudo diferente do que eu esperava. Mas, eu estava amando tanto que o pouco pra mim foi muito...esse muito e pouco que me me encheu de alegria, de ternura, tristeza, angústia, e um turbilhão de sentimentos que doeram. ..machucaram, mas... ao mesmo tempo me deixaram feliz...feliz por ouvir aquela voz..por tocar. ..
Mas, infelizmente existem algumas coisas que não são pra sempre. ..um dia a voz de pé de travesseiro deixou de ser constante. ..deixou de acariciar o meu coração. ..foram noites horríveis. ..madrugadas vazias...quantas lágrimas de tristeza. ..saudades...saudades do meu grande amor...saudades dos carinhos. ..atenção.
Ainda amo, continuo amando,  continuarei amando. ..Confesso que reacendeu a esperança no meu coração. ..das lindas noites....belas madrugadas de amor...prazer. Imaginei sentir novamente o frio na barriga...todas as sensações um dia sentidas. Definitivamente não consegui fazê-lo gostar de mim o suficiente. ..continuo amando. ..continuo esperando ouvir aquela voz pela madrugada. ...continuo querendo te-lo pra mim, em mim...
Esse amor está empregnado em mim...queria mais uma vez vivê-lo, senti-lo em mim...Mas,  sei que tudo mudou. ..nada será como antes...somente o meu amor continua como antes....a voz mudou....ele mudou....o assunto mudou. ..a voz deixou de ser constante. ..um dia irá silenciar. ..?
Quem sabe esteja alegrando outro coração. ..? Quem sabe esteja alegrando outra vida...quem sabe. ..?
Meu coração dói. ..quem sabe um dia pare de doer.?
Mas, será sempre a minha voz...o meu amor....meu grande e eterno amor...
Minha voz de pé de travesseiro. ..minha vida.