quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

VOZ PÉ DE TRAVESSEIRO

Existem certas coisas e pessoas que tem o poder de mexer com a gente. ..de bagunçar o nosso coração e de nos tirar do prumo.
Comigo, nunca havia acontecido algo semelhante. ..e sempre pensei, acreditei até. ...que jamais aconteceria algo desta natureza, que esse tipo de coisas era conto de novela...estórias.
Mas, de repente, o que achava impossível se concretizou em mim...ao ouvir aquela voz pela primeira vez. ..senti meu coração sendo impactado por um tremor...uma emoção desconhecida. ...um frio na barriga...um calor nas entranhas....um arrepio na espinha....sensações jamais sentida...aquela voz me fez ir ao céu em fração de segundos.
Em pouco tempo percebi que eu estava amando...amando loucamente uma voz...Não uma voz qualquer. ..mas, uma voz que me enlouquecia de prazer...uma voz que me levava à um êxtase desenfreado...que me levava às lágrimas de puro e profundo gozo.
Passei não somente a amar essa voz, como também à sonhar com o dono dela...e entendi que precisava vê-lo, precisava tocá-lo, precisava conhecê-lo, pra entender e saber que não era fruto da minha imaginação. ..mas, que era real...que existia. A expectativa foi constante nos dias que antecedia o momento de encontrá-lo...todas as vezes que pensava nisso batia um nervoso, e milhares de coisas passavam pela minha mente....desejava amá-lo, desejava fazê-lo feliz....
E o que mais eu sonhava...queria era que o dono daquela voz gostasse de mim....da mesma forma que eu estava gostando dele. Foram tantas expectativas em relação ao primeiro e único encontro. ...enfim.
O encontro tão esperado aconteceu...aconteceu tudo diferente do que eu esperava. Mas, eu estava amando tanto que o pouco pra mim foi muito...esse muito e pouco que me me encheu de alegria, de ternura, tristeza, angústia, e um turbilhão de sentimentos que doeram. ..machucaram, mas... ao mesmo tempo me deixaram feliz...feliz por ouvir aquela voz..por tocar. ..
Mas, infelizmente existem algumas coisas que não são pra sempre. ..um dia a voz de pé de travesseiro deixou de ser constante. ..deixou de acariciar o meu coração. ..foram noites horríveis. ..madrugadas vazias...quantas lágrimas de tristeza. ..saudades...saudades do meu grande amor...saudades dos carinhos. ..atenção.
Ainda amo, continuo amando,  continuarei amando. ..Confesso que reacendeu a esperança no meu coração. ..das lindas noites....belas madrugadas de amor...prazer. Imaginei sentir novamente o frio na barriga...todas as sensações um dia sentidas. Definitivamente não consegui fazê-lo gostar de mim o suficiente. ..continuo amando. ..continuo esperando ouvir aquela voz pela madrugada. ...continuo querendo te-lo pra mim, em mim...
Esse amor está empregnado em mim...queria mais uma vez vivê-lo, senti-lo em mim...Mas,  sei que tudo mudou. ..nada será como antes...somente o meu amor continua como antes....a voz mudou....ele mudou....o assunto mudou. ..a voz deixou de ser constante. ..um dia irá silenciar. ..?
Quem sabe esteja alegrando outro coração. ..? Quem sabe esteja alegrando outra vida...quem sabe. ..?
Meu coração dói. ..quem sabe um dia pare de doer.?
Mas, será sempre a minha voz...o meu amor....meu grande e eterno amor...
Minha voz de pé de travesseiro. ..minha vida.



Postar um comentário