sexta-feira, 3 de julho de 2015

Na contra mão do tempo

Pensando. ..e penso bastante sobre tudo, e todos...observo...analiso...tento chegar à uma conclusão plausível, sobre as coisas, sobre as pessoas que me cercam....sobre o tempo. Ah ... o tempo...esse passa...e passa lentamente como se arrastasse sem pressa de chegar....mas, também pode passar rapidamente como se fosse a última tarefa a ser cumprida...como numa corrida onde não pode ser ultrapassado.
E é essa inconstância do tempo, do ser humano que me envolve....vasculhando a minha mente num turbilhão de pontos de interrogação, que me fascina e me desafia a entender o inexplicável do ser. A maioria dos seres humanos, vivem num mundo inexistente, dentro do seu próprio eu....num mundo de expectativas.... de experiências invisíveis. É muito louco isso! E confesso que também viajo...às vezes viajo para lugares nunca visitados. ..nunca habitados...lugares em que fico uma boa parte do meu tempo namorando...curtindo e amando o meu amor. São os únicos lugares em que podemos estar juntos....por enquanto. O meu amor, que guardo, preservo, cuido...cuido no sentido de não permitir que sujem o nosso espaço. ..o nosso lugar...nossa cumplicidade e nossas lembranças. ...Existem pessoas que querem entrar em nossa cidade...penetrar em nosso mundo....saber de nossa história, conhecer nossa intimidade. ..Curiosidades pessoais, fascínio por uma uma voz que faz a imaginação voar...desejos ocultos e muitas vezes revelados no tempo de espera...mas, nesse tempo de espera, não há espaços para as figurantes nem contra regras...nesse espaço de tempo o esperar se tornou prazeroso, sabendo que a medida que o tempo passa...e lentamente, espero eu, as curiosidades quanto ao meu amor....meu grande amor, se torne no invisível da mente desocupadas, que buscam o êxtase de uma felicidade onde não existe.
Enquanto viajo numa realidade presente todas as noites ...nas minhas madrugadas que deixaram de ser frias e vazias...para se tornarem viagens emocionantes e excitantes para um lugar só meu...só nosso...onde somente eu e ele nos deliciamos na companhia um do outro...onde nos amamos e nos divertimos com assuntos que muitos QIs não entenderiam....somente ele e eu...podemos viajar para o nosso tempo...para o nosso lugar...que somente nos sabemos ir e estar....

Postar um comentário