sexta-feira, 10 de junho de 2016

O Ser humano

Estive pensando...penso ....no ser humano...essa máquina pensante...e de repente me vi imaginando o ser humano ...comparando até...o ser humano como uma caixa de perfume. Sim! Uma caixa de perfume! Não uma caixa qualquer...mais uma caixa de perfume linda, bonita no seu designer...aquelas caixas de perfume que dar vontade de manter...guardar e nunca jogar fora...que de tanto ser tocada e admirada por sua beleza, perde seu brilho e naturalidade da cor.
Imaginei também o seu recipiente, que pode ser feito de vidro ou outro material...sem no entanto, perder sua utilidade, que é o de armazenar ou guardar o perfume...contendo a sua fragrância....sua essência.
De repente, percebo que somos assim, como esses três itens...existem pessoas que são somente como caixas...caixas que de tanto serem tocadas pelas agruras da vida, já perderam sua cor, perderam sua naturalidade....ou se mantém como caixas...lindas, perfeitas, intactas...porém, vazias em seu interior...mantendo a aparência de caixas perfeitas...mantendo sua cor...para parecer a naturalidade.
Já os recipientes...que imagino que poderia ser comparado aos corações humanos...penso que são aqueles que guardam, armazenam e alojam conteúdos negativos ou positivos,que posso chamar de bons sonhos, bons e mau sentimentos que penetram através da caixa...se derramam dentro dos recipientes causando grandes danos ao perfume que por sua vez, perdem sua essência...sua fragrância....
Ainda viajando em minha imaginação...imagino que o perfume seja o ser humano que não se importa com a beleza da caixa, não guarda dentro de seu recipiente conteúdos que venham danificar ou macular a essência e fragrância do perfume que é a sua alma.
Ser humano....complexo!

Postar um comentário