sábado, 22 de outubro de 2016

A BREVIDADE DA VIDA

Fico eu aqui pensando, sobre a brevidade da vida...nossa vida é um sopro...uma pequena e frágil vela acesa, que pode se apagar de repente. Vejo pessoas brincando com a vida de outros, vejo pessoas brincando com a sua própria vida...sem nenhum direito, pois somente Deus tem esse direito por ser o autor da vida.
Nossa vida é breve...é rápida. E existem pessoas que querem ser tão mais que o outro, tão mais isso....tão mais aquilo...e nós não somos nada disso,ou daquilo...somos valorizados pelos valores que Deus atribui à nós por sermos feituras das mãos Dele.
Agora a vida é breve...a qualquer momento o sopro termina...a qualquer momento vem um vento forte e apaga a vela da vida... Aí vem uma pergunta em meu coração...o que temos feito enquanto seres humanos que somos, criados a imagem e semelhança de Deus, por outros semelhantes a nós? O que temos feito para contribuir com a felicidade do nosso próximo? Essa brevidade da vida, não nos permite demoras...não nos permite achar isso ou aquilo...não nos permite achar que somos maior que o outro...não nos permite destruir vidas...não nos permite tirar vidas.
Essa brevidade nos permite viver...nos permite fazer o outro viver...cuidar sem interesses próprios ou com amor fingido..
A nossa felicidade consiste em fazer o outro feliz...para quando Essa brevidade acabar, chegar ao seu final...que os outros possam dizer que a vida foi breve mais valeu a pena a nossa jornada, a nossa passagem por aqui.
Porque tudo que fizermos para o nosso próximo,pela vida do outro, precisa ter valido a pena...simplesmente assim!

Por: Dhi Pires

Postar um comentário