sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

RENÚNCIA

O que Eu temia aconteceu...!.Mais na verdade não acreditava muito que um  de nós dois renunciaria, por acreditar na intensidade do sentimento que ambos sentiam e sentem. Agora não estou conseguindo assimilar a situação com clareza, a única coisa q faço no momento é me dibulhar em lágrimas, sentindo o coração quebrado em trilhões de caquinhos....nunca tive coragem de renunciar, por amar demais...nunca ..apesar de ter pensado em fazê-lo., e saber que precisava fazê-lo e por ser cobrada a uma RENÚNCIA...renúncia essa que no entanto, não partiu de mim tal maldade com o amor.
É um ato de coragem, renunciar a algo, alguém ou sentimento é um ato de amor...só quem ama verdadeiramente e quer ver o bem do outro ser amado renuncia...o meu amor é egoísta...p não aceitar a renúncia, por não deixar ir...por querer prender e não perder...
E agora o que faço com o que restou do meu coração? Juntar os caquinhos? Jamais será como antes...e esse amor ficará guardado para todo o sempre no meu coração...