sexta-feira, 7 de julho de 2017

Alma abatidA

Nesse momento a tristeza invade o meu ser...queria não poder sentir, queria não poder ver...porque tudo isso me traz dor...dores.
Queria ser livre...queria poder ser eu ...queria ser eu que sucumbe aos desejos e faz sua própria vontade...mas não sou.
Apesar de saber que o que está acontecendo é o melhor pra mim, meu coração não aceita.
Só gostaria de ter conseguido viver essa história com reciprocidade, coisa que não aconteceu...tão pouco sinceridade e compreensão de ambas as partes envolvidas...e de repente não há mais nada do outro lado...somente frieza, decepção e desamor...desamor do amor, do desejo, da paixão.
Agora é seguir em frente tentando e exercitando o desapego...e o desapegar dói. Dói e incomoda  de tal forma que colocar a culpa em uma das partes e sentir raiva por não poder nem sequer conservar uma bela amizade.

Postar um comentário